01/12/2017 09:56

O juiz da  2 Vara da Fazenda de Criciúma, Pedro Aujor Furtado Junior proferiu ontem a sentença no caso do ex-secretário municipal do Sistema Econômico de Criciúma e ex-coordenador do curso de administração da Unesc, Miguel Mastella e o atual coordenador do curso de Ciências Contábeis, Dourival Giassi. 

Na sentença, os dois são condenados a ressarcir solidariamente R$ 707 mil  ao erário. A condenação é referente a denúncia do Ministério Público por Improbidade administrativa no caso da compensação de valores  em encontro de contas entre prefeitura de Criciúma e Unesc em razão das bolsas de estudos. 

O caso foi motivo de CPI na Câmara de Vereadores. A Comissão tinha como integrantes Camila do Nascimento, do PSD, Edson Aurélio, do PSDB,  Dr. Mellodo PT,, Pastor Jevis ,do PDT, Silvio Avila Junior , do PP e Tita Beloli, do PMDB. Em 2014, o  relatório foi encaminhado ao Observatório Social, Ministério Público, Tribunal de Contas do Estado e à Unesc.

Na sentença do Juiz Pedro Aujor, além da devolução dos recursos, Miguel Ã?ngelo Mastella  foi condenado à perda da função pública, se estiver ocupando e à suspensão dos direitos políticos por oito anos. Dourival Giassi também foi condenado a perda de função pública estiver ocupando, e à suspensão dos direitos políticos por cinco anos. 

Da decisão, cabe recurso.

Confira a sentença:

Enviando Comentário Fechar :/