A Executiva Provisória definida hoje por consenso é composta também por deputados federais e estaduais eleitos pelo partido

18/01/2019 18:21

Rincão Refis para meio da página

 O vice-presidente da executiva nacional do PSL, Antônio Rueda, esteve reunido nesta tarde em Florianópolis, com os deputados federais eleitos Daniel Freitas, Caroline De Toni e Coronel Armando que solicitaram o pedido de destituição da executiva estadual, homologada no final de dezembro do ano passado.

 Após longa conversa, ficou definido por consenso, que uma nova composição provisória, válida pelos próximos seis meses, passará a valer a partir da semana que vem.

 “A construção de um partido deve se dar de forma democrática, assim, acordamos que esta nominata montada em consenso terá a missão de construir, de forma democrática, o Diretório Estadual do PSL em Santa Catarina”, avaliou Rueda

 Para o Deputado Federal diplomado Daniel Freitas, o objetivo proposto foi alcançado.

“Foi uma decisão madura, onde todos cederam para entrar num consenso. Neste processo não há vencedores nem perdedores, a partir de agora vamos dar início a um processo de condução do PSL de forma democrática, ouvindo as bases e com a participação de todos. Temos um grande trabalho pela frente nestes seis meses, com o objetivo de fortalecer o partido e dar continuidade a este grande projeto”, ressalta.

 O deputado federal Fernando Francischini, do Paraná, coordenador do PSL no sul do país, também participou da reunião.

 

Confira a composição da Executiva Provisória do PSL em Santa Catarina:

 

Presidente: Lucas Esmeraldino 

Vice-Presidente: Caroline De Toni

Secretário Geral: Daniel Freitas

1º secretário: Felipe Estevão

Tesoureiro: Coronel Armando

1º tesoureiro: Fábio Schiochet 

Os deputados estaduais Coronel Mocellin, Ricardo Alba, Ana Campagnolo, Jessé Lopes e Sargento Lima irão compor as vogais.

Enviando Comentário Fechar :/