Questionado pelo site sobre a possibilidade de volta do presidente Jair Bolsonaro ao PSL, reafirmou que não houve afastamento de ambos "nem nos princípios nem na gestão", avaliou como possibilidade concreta a volta de Bolsonaro ao partido e antecipou que os que saíram do PSL tem portas abertas para retornar se necessário.
14/08/2020 18:20

Na entrevista que concedeu logo após a cerimônia de assinatura do convênio para a Rodovia dos Trilhos em Içara, o Governador Carlos Moisés, do PSL, respondeu a questionamento do site sobre a possibilidade de volta do presidente Jair Bolsonaro ao PSL, reafirmou que não houve afastamento de ambos "nem nos princípios nem na gestão", avaliou como possibilidade concreta a volta de Bolsonaro ao partido e antecipou que os que saíram do PSL tem portas abertas para retornar se necessário.

Questionado também pelo site sobre a data para o Centro de Eventos, o Governador disse se tratar de problema com documentação e não marcou data para assinatura de convênio. Chamou atenção também na fala de Moisés, o fato de ele enfatizar em uma das perguntas o governo "Moisés e Daniela", enquanto a vice, Daniela Reinher tem emitido farpas ao próprio Governador. 

Confira o que disse o Governador Moisés

 

A obra em Içara Rodovia dos Trilhos

Nós temos escolhido as obras em Santa Catarina, todas elas, de acordo com a demanda, com a necessidade local que nos é apresentada. Através dos deputados, dos prefeitos, das Associações dos Municípios, que escolhem prioridades. Nós percebemos que Içara de fato é um corredor, uma passagem para acesso a vários municípios da região de Criciúma e conurba hoje com a cidade de Criciúma então se torna uma grande cidade e nós precisamos de fato ter essa atenção. Dar alternativas para quem acessa essas grandes cidades e que não impactem na vizinhança, na mobilidade do povo que mora aqui em Içara e esse é o investimento também que vai atrair novas empresas porque vai atrair a ocupação de um condomínio empresarial. Isso tudo faz que o Governo de forma planejada, eficiente, invista o dinheiro público naquilo que vai trazer retorno. Uma das bandeiras do nosso governo é investir em infraestrutura mas que essa infraestrutura tenha impacto regionalizado. Que ela possa gerar empregos, renda ou até mesmo fazer a diferença na mobilidade de diversos municípios da região. Essa é também uma parceria entre o Executivo e o Legislativo que faz a transferência de recursos juntamente com o município para que essa obra de fato possa sair do papel e resultar no interesse público, no interesse de todos de Içara

O Centro de Inovação em Criciúma, já existe data para a celebração do convênio?

O Centro de Inovação em Criciúma, recentemente já devolveu os documentos né, a Unesc que está recebendo os investimentos, os documentos já foram devolvidos para o Estado para análise, alguns ajustes foram feitos, foi devolvido à Unesc que refizesse os documentos e tão logo, o dinheiro já está separado obviamente e o Governo aguarda agora esse ajuste documental para que possamos descentralizar os recursos e a obra ser feita junto com a Unesc em propriedade da Universidade.

O sr recebeu apelo do prefeito Murialdo Gastaldon para a instalação do Mercado Livre em Içara. Como isso pode ser trabalhado pelo Governo do Estado?

Para o Governador, o Estado de Santa Catarina é o local que recebe investimentos de grandes corporações, como é o caso do Mercado Livre e cabe a cada região naturalmente no esforço conjunto entre prefeitos, os instrumentos, os equipamentos públicos que temos, como Portos e Aeroportos, fazer a melhor oferta e a escolha cabe obviamente a empresa que tem autonomia para decidir onde deve se instalar. Para o Governo Moisés e Daniela o importante é que esse investimento venha para Santa Catarina.

Ontem tivemos a informação sobre a possibilidade de o presidente Bolsonaro voltar ao PSL. Para o sr isso também significa uma reaproximação com o presidente?

Sem sombra de dúvida, nós iniciamos um projeto juntos, com o presidente , não nos afastamos nem dos princípios nem da gestão e o presidente Bolsonaro tem um bom diálogo com o presidente Bivar e também com o Rueda, vice-presidente do PSL Nacional. A gente percebe claramente essa aproximação e é uma possibilidade até porque todos nós precisamos de um partido para estar. Eu particularmente escolhi o PSL para essa trajetória política e não tenho nenhum motivo para sair do partido portanto acreditamos que esse deve ser um movimento também natural e todos os que saíram e precisarem voltar eu tenho certeza que o PSL estará de portas abertas para recebê-los.

 (Com foto de Giovane Marcelino)

Enviando Comentário Fechar :/