Presidente da Casa, Miri Dagostin, esteve nesta manhã no antigo prédio do Ministério Público do Trabalho (foto), onde vai funcionar o Legislativo. reforma inicial, necessária à mudança, deve acontecer em quatro meses
20/05/2019 09:14

O presidente da Câmara de de Criciúma, Miri Dagostin, do PP, pretende reunir vereadores nesta semana para apresentar todo o trâmite de mudança da sede do Legislativo após a publicação da cessão de uso do prédio do Ministério Público do Trabalho.

A intenção é que a mudança aconteça em quatro meses, prazo para conclusão da primeira reforma a ser realizada no novo espaço. Com isso, será possível a venda do sexto andar do prédio onde funciona hoje a sede do Legislativo, cuja avaliação é de R$ 1,5 milhão, necessários à obra.

No primeiro momento, somente o plenário funcionará no local, havendo necessidade de aluguel de salas próximas, para abrigar os gabinetes dos vereadores até que a reforma total seja concluída.

A mudança da sede da Câmara de Vereadores é assunto recorrente há anos, entre todos os últimos presidentes da Casa, mas sem sucesso. Miri Dagostin hasteou a bandeira junto ao prefeito Clésio Salvaro, do PSDB, e conseguiu o encaminhamento em Brasília com a colaboração do senador Esperidião Amin.

 Na sexta-feira saiu cumprida a informação sobre a liberação de contrato de cessão de uso do prédio do Ministério Público do Trabalho, onde deve funcionar a nova sede do Legislativo

Enviando Comentário Fechar :/