Presidente da Assembleia fez primeiro pronunciamento após a deflagração da Operação Alcatraz, há pouco no plenário, admitiu momento pessoal difícil e disse que quer ser julgado para ao final " continuar merecendo respeito".
04/06/2019 15:33

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Júlio Garcia, se manifestou pela primeira vez através de pronunciamento na Tribuna da Casa, sobre a Operação Alcatraz.

Ele iniciou falando de momentos “de muita glória” vividos no plenário, como em 2005, ocasião em que foi aprovada a Lei das Apaes. Em seguida citou o atual momento como “o mais triste de sua trajetória no parlamento”. 

O deputado enumerou acusações, se defendeu, avaliou que a justiça está cumprindo seu papel enquanto pilar da democracia  e merece respeito. Disse também que busca serenidade para lidar com a situação e resumiu. "Como é difícil".

”Nao quero ser pré-julgado mas também não quero deixar de ser julgado. Ao final, quero voltar aqui e poder continuar merecendo o respeito, carinho, amizade e respeito que sempre tive de todos vocês”, encerrou Garcia agradecendo as manifestações de solidariedade recebidas. 

Confira a seguir o pronunciamento na íntegra:

 

Enviando Comentário Fechar :/