Governo prorroga Estado de Calamidade Pública até 31 de dezembro de 2020
15/10/2020 18:59

O estado de calamidade pública declarado em Santa Catarina em decorrência da pandemia de Covid-19, em 17 de abril deste ano, foi prorrogado até 31 de dezembro de 2020. A decisão está prevista no Decreto 890/2020 do Governo, publicado ontem no Diário Oficial do Estado DOE, e já está em vigor. 

Pelo texto, enquanto perdurar o estado de calamidade pública tornam-se obrigatórias as medidas de combate e enfrentamento à pandemia da Covid-19 quando necessárias, como isolamento, quarentena, exames médicos e laboratoriais, entre outros. Também será mantida a estrutura de leitos de UTI, já constituída, para atendimentos de pacientes com coronavírus e o reforço na atenção primária.

Desde 14 de agosto ficou estabelecido pelo Decreto nº 792 que as medidas de saúde no Estado seriam implementadas conforme a classificação do grau de risco em cada região.

De acordo com dados da Matriz de Avaliação de Risco Potencial para Covid-19, divulgada hoje, 12 regiões em Santa Catarina estão classificadas em estado Grave e quatro com risco Alto em relação ao novo coronavírus. 

As regiões do Médio Vale do Itajaí, Alto Vale do Itajaí, Xanxerê e Oeste estão na situação de risco Alto (em amarelo). Os dados divulgados na manhã desta quinta-feira, 15, apontam que a região da Serra Catarinense, anteriormente classificada com o risco Alto, passou para a situação Grave (laranja). Por outro lado, a região do Alto Vale do Itajaí foi reclassificada de Grave para Alto.

Coronavírus em SC: 12 regiões estão classificadas em estado Grave e quatro com risco Alto

A matriz ainda colocou em alerta, pelo aumento do número de casos, as regiões da Grande Florianópolis, Planalto Norte, Serra Catarinense e Extremo Sul. Nas regiões Carbonifera, Laguna e Alto Vale do Rio do Peixe, os dados apontam que a pandemia continua em expansão. A ferramenta emitiu alerta pela mortalidade por Covid-19 na semana ultrapassar 2/100 mil habitantes.

Enviando Comentário Fechar :/