Senador diplomado por Santa Catarina teve longa conversa com Álvaro Dias, do Podemos, que ensaia candidatura e com Antônio Anastasia, do PSDB
21/12/2018 08:51

Senador Diplomado Esperidião Amin, do PP, sai de cena hoje em comemoração a seu aniversário e ao de sua esposa Ângela Amin e deve retornar somente na próxima semana. As articulações para a presidência do senado no entanto, foram fortes durante a semana.

Amin teve longa conversa com Álvaro Dias, do Podemos, que ensaia candidatura e com Antônio Anastasia, do PSDB, que tem a segunda maior bancada de senadores após o MDB de Renan Calheiros, novamente no páreo para o comando da Casa.

Reeleito por Alagoas, Calheiros é crítico do Governo Temer e teve apoio de 14 partidos, entre eles o PT do ex-presidente Lula, PCdoB e PDT para reeleger seu filho como governador em Alagoas. Essa será a segunda vez que um catarinense enfrenta Calheiros na disputa pela presidência do senado.

Em 2015, o então senador Luiz Henrique da Silveira, também do MDB, foi candidato. Luiz Henrique, que faleceu no mesmo ano, era adversário ferrenho de Amin em Santa Catarina.

No atual cenário, Amin pode representar a derrota que Luiz Henrique gostaria de ter imposto a Calheiros e ao mesmo tempo levar Santa Catarina a um dos postos mais importantes da política brasileira.

 

Enviando Comentário Fechar :/