O presidente do PSL de Criciúma não poupou elogios ao prefeito Clésio Salvaro e despertou a possibilidade nos bastidores políticos, de ser ele o próximo presidente da FCC
17/12/2018 00:27

Chamou atenção durante a inauguração do centro Cultural Jorge Zanatta na última sexta-feira em Criciúma o discurso de Júlio Lopes. Ele falou em nome dos ex-presidentes da Fundação Cultural e não economizou elogios ao prefeito Clésio Salvaro, do PSDB.

Nos bastidores políticos a interpretação é que ele poderia ser o próximo a ocupar a presidência da Fundação, vaga desde a exoneração de Sérgio Zapelini. Júlio Lopes é o presidente do PSL em Criciúma.

 Além de Júlio Lopes, compareceram ao evento na sexta-feira os ex-presidentes Daniel Freitas e Ed Balod. Sérgio Zapelini, que a princípio ficaria no cargo até a inauguração mas teve a exoneração antecipada, não marcou presença.

Enviando Comentário Fechar :/