O PL de Criciúma entrou 2020 da mesma forma que encerrou 2019: rachado, inclusive com alfinetadas em grupo de Whatsapp direcionadas ao atual presidente da FME Criciúma, Nicola Martins.
21/01/2020 08:35

O PL de Criciúma entrou 2020 da mesma forma que encerrou 2019: rachado, inclusive com alfinetadas em grupo de Whatsapp direcionadas ao atual presidente da FME Criciúma, Nicola Martins.

Pré-candidato a vereador pela sigla, Nicola recebe petardo principalmente por estar no governo de Clésio Salvaro, do PSDB, e sinalizar para que o PL apoie a reeleição dele nas eleições deste ano. Pode ser motivo para que deixe o PL.

Há quem afirme que dentro do PL Nicola possa até mesmo perder a condição de candidatura a vereador. Caso isso de fato tenha fundamento, seria a segunda vez que aconteceria o mesmo fato envolvendo Nicola Martins e o ex-prefeito de Criciúma, Márcio Búrigo.

Márcio está hoje no comando do PL Regional e organiza o quadro das eleições municipais. Em 2016, como pré-candidato à reeleição pelo PP em Criciúma, o então prefeito cortou Nicola Martins da lista de pré-candidatos a vereador pelo PP. Foi o motivo para que Nicola migrasse ao PL.

Enviando Comentário Fechar :/