23/09/2013 13:04

Rincão Refis para meio da página

 As apostas desta semana recaem sobre a saída ou não do ex-prefeito de Siderópolis, Douglas Warmling, o Guinga, do PP.

Entre os históricos do partido, ele analisa a possibilidade de migrar para o PSD, PSB ou PSDB, partidos que oficializaram convite para filiações.

O deputado estadual Dóia Guglielmi e o ex-prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, tem se empenhado em conduzir Guinga para o ninho tucano.

 A principal questão em pauta neste contexto é que Guinga tinha a promessa no PP de que caso Joares Ponticelli, o presidente da Assembleia, não fosse candidato a deputado federal, ele seria.

Com a entrada de Jorge Boeira no partido, a hipótese foi descartada para Guinga. No PSDB no entanto, Guinga tem concorrência de peso. Além de Marco Tebaldi, candidato à reeleição, o ex-governador Leonel Pavan tenta vencer a lei da Ficha Limpa para poder concorrer a uma cadeira na Câmara dos deputados. Caso Pavan seja impedido, Gilmar Knaesel está na fila.

 No PSD, existem dúvidas quanto a candidatura do atual secretário da Agricultura, João Rodrigues, deputado federal eleito em 2010. Ele foi condenado em 2009 pelo Tribunal Regional Federal da Quarta Região por fraude e dispensa irregular de licitação e conseguiu uma Liminar que possibilitou participar da última eleição.

Em maio deste ano, o relator, Minstro Luiz Fux, negou o pedido da defesa do Secretário para anular a sentença do Tribunal Federal.

Já se cogita nos bastidores que caso Rodrigues não reverta a situação, o candidato a deputado estadual pode ser Gelson Merísio em dobradinha com o atual secretário estadual da Fazenda, Antônio Gavazzoni. Mais um páreo duro para Guinga, caso ele decida-se pelo PSD.

No PSB, domina a candidatura a reeleição do deputado federal Paulo Bornhausen que já ofereceu a Guinga a possibilidade de ocupar o mesmo posto.

Nesse caso, ele concorre internamente com o próprio Paulo, com Roque Belizário Junior e Odacir Zonta.Caso defina pela saída do PP, o PSB é o caminho mais provável.

Hoje, Guinga tem conversa com o prefeito de Criciúma, Márcio Búrigo, do PP, e amanhã estará com Joares Ponticelli e Valmir Comin quanfo bate o martelo sobre seu futuro político que pode ser uma coordenação de campanha no próprio PP e um possível posto em eventual governo a partir de 2015.

Enviando Comentário Fechar :/