Dos doze municípios da Amrec, o PSD tem pré-candidatos a prefeito em pelo menos sete.
21/10/2019 07:54

Dos doze municípios da Amrec, o PSD tem pré-candidatos a prefeito em pelo menos sete. O evento de organização da sigla para o pleito eleitoral de 2020, que aconteceu no sábado em Criciúma, expôs os números e pretensões para o próximo ano, que servirá de base também para 2022 quando o PSD projeta estar na majoritária com candidato ao Governo.

O nome “ na manga”, que poderá suprir os anseios já demonstrados pela população em 2018 é o do ex-prefeito de Blumenau, Napoleão Bernardes.

Além de Içara, com os nomes de Alex Michels e do empresário Anselmo Freitas, o PSD apresenta pré-candidatos em Cocal do Sul, com Aninha Scarpato, atual vice-prefeita, Urussanga, com Jair Nandi e Rodrigo Fontanella e Orleans, com o delegado Ulisses Gabriel.

Mais que isso, há pré-candidaturas a prefeito em Forquilhinha, repetindo José Cláudio Gonçalves, o Neguinho, em Siderópolis, com Douglas Warmling, o Guinga e Morro da Fumaça com Nado Maccari e Lucilene Pagnan. No meio político, é praxe que nem todos os lançados pré-candidatos alcancem o objetivo e há de se destacar que o mesmo acontece com o PSD, que marca território, a espera das conversas que ocorrerão até a definição de chapas.

Há neste contexto no entanto, um fato a ser destacado. O PSD já definiu ser vice em pelo menos três municípios: Criciúma, Nova Veneza e Balneário Rincão, onde o partido tem atualmente os cargos. Mais que isso, percebe-se o engajamento dos líderes estaduais da sigla em todos os eventos do partido no Estado.

Passaram por Criciúma o presidente estadual, Milton Hobus, o ex-governador Raimundo Colombo, o presidente da Assembleia, deputado Júlio Garcia e o deputado federal Ricardo Guidi. 

 

Enviando Comentário Fechar :/