Na nota oficial emitida há pouco, Executiva do partido informa também que caso a deputada Paulinha não renuncie será instaurado processo de infidelidade partidária
18/02/2020 19:44

A Executiva Estadual do PDT, em

nota oficial emitida há pouco, concedeu prazo de 24 horas para que a deputada Paulinha renuncie à posição de líder do Governo de Carlos Moisés, do PSL.

A pena, caso não aconteça, será instauração de processo por infidelidade partidária.

PDT concede prazo de 24 horas para deputada renunciar liderança do Governo de Moisés

Enviando Comentário Fechar :/