Ela recebeu prints de publicações no twitter, da foto de sua família em almoço no Palácio da Alvorada domingo, com "emoji" indicando " nojo" e desse post, comentários graves foram feitos como "tem que colocar fogo em fascistas" , além de ameaças de morte ao presidente Jair Bolsonaro.
02/06/2020 10:26

A advogada e pré-candidata a prefeita de Criciúma pelo PL, Júlia Zanatta vai registrar hoje Boletim de Ocorrência por ameaças recebidas via redes sociais ontem. Ela recebeu prints de publicações no twitter, da foto de sua família em almoço no Palácio da Alvorada domingo, com "emoji" indicando " nojo" e desse post, comentários graves foram feitos como "tem que colocar fogo em fascistas" e ameaças de morte ao presidente Jair Bolsonaro. 

Júlia Zanatta é estreitamente ligada ao presidente Jair Bolsonaro e passou a última semana em Brasília. Em vídeo, ela citou a possibilidade de o presidente visitar a região sul. Nos "prints" que ela recebeu de ameaças via twitter, há comentários também de que poderiam "matar o presidente porque não iriam presos já que tem menos de 18 anos".

A Polícia de Criciúma investiga os autores das ameaças.

" Há de se lembrar que a pré-candidata a vereadora pelo PCdoB de Criciúma, Giovana Mondardo apoiou tais afirmativas quando comentou os posts concordando com as falas", conclui Júlia Zanatta 

Enviando Comentário Fechar :/