Na entrevista que concedeu ontem à Rádio Eldorado, Clésio Salvaro disparou contra Júlio Kaminski, que é de seu partido e preside e CI do CriciúmaPrev, na Câmara de Vereadores. Ataques denotam certa preocupação com a CI
27/06/2019 08:18

“Vereador Júlio (Kaminski), tem mais medo de me enfrentar nas urnas do que o Satanás da cruz... deixa de ser fraldão, olho gordo e invejoso.... me enfrenta nas urnas” , disse o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro em entrevista ontem à Rádio Eldorado.

Quem acompanha a política recente em Criciúma, ao ouvir a frase que o prefeito Clésio Salvaro pronunciou ontem durante entrevista à Rádio Eldorado, por certo lembrou da época que ele tinha como adversário o MDB e que chegou a comparar o então líder do partido, Eduardo Moreira a “satanás”.

A estratégia de ataque é a mesma, mas dessa vez soou como certa preocupação com a CI do CriciúmaPrev, que está em andamento na Câmara de Vereadores de Criciúma. Habilidoso politicamente, Clésio Salvaro ainda é o principal nome para a disputa eleitoral de 2020, e a julgar pelas palavras de ontem, numa entrevista longa onde disparos não faltaram, permitir que nenhuma possibilidade se concretize.

Por ora, a principal ameaça contra Salvaro pode não estar especificamente em uma possível candidatura do vereador Júlio Kaminksi para a prefeitura mas de Daniel Freitas, do PSL.

Além de representar opção nova ele, se concretizado na disputa, terá apoio total e irrestrito de um governador que já emite sinais de descontentamento com o comportamento do prefeito de Criciúma, principalmente em relação a Casan. A munição é pesada. Dos dois lados.

Enviando Comentário Fechar :/