Não é o caminho tentar politizar uma situação complexa como o rompimento de um contrato que pode trazer consequências desastrosas para Criciúma.
05/04/2019 08:26

Na entrevista que concedeu ontem à Rádio Eldorado para falar sobre a possibilidade de rompimento do contrato com a Casan, o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, do PSDB, tentou politizar o assunto. Argumentou que não é o caminho levar à Câmara de Vereadores pessoas filiadas a partidos e que devem ser levadas pessoas ligadas por exemplo ao Samae.

Não é o caminho tentar politizar uma situação complexa como o rompimento de um contrato que pode trazer consequências desastrosas para Criciúma.

O primordial nesse momento é que o prefeito ao invés de descredibilizar pessoas que apresentaram números e alertaram para possíveis prejuízos, rebata, argumente as colocações e principalmente, explique como serão os trâmites para que o alerta torne-se sem efeito.

 

 

Enviando Comentário Fechar :/