Esse é o principal ponto em discussão em Brasília e envolve principalmente a região Nordeste, onde a maioria dos Governadores é oposição ao Governo de Jair Bolsonaro, do PSL e com restrições a Reforma da Previdência.
09/07/2019 08:16

Os prefeitos de Criciúma, Clésio Salvaro, do PSDB e de Orleans, Jorge Koch, do MDB, já estão em Brasília, para fazer coro com outros cerca de 60 chefes de Executivo de Santa Catarina para que Estados e Municípios sejam incluídos na Reforma da Previdência. Esse é o principal ponto em discussão em Brasília e envolve principalmente a região Nordeste, onde a maioria dos Governadores é oposição ao Governo de Jair Bolsonaro, do PSL e com restrições a Reforma da Previdência.

Diante deste cenário, a inclusão de Estados e Municípios na Reforma tornou-se emblemática. Se for incluída, vai beneficiar govenadores que mesmo assim, podem continuar criticando os deputados favoráveis à matéria, que podem ter prejuízos políticos na região.

A intenção então seria não incluir, como forma de pressionar Governadores a colocarem sua “digital” na Reforma, a ser realizada em cada Estado através de deputados estaduais. Por isso, a avaliação de que caso Estados e Municípios sejam incluídos, a Reforma da Previdência não passa no Congresso.

Em Brasília, as alternativas estão a mesa.

Enviando Comentário Fechar :/