Na reunião nesta manhã, Lucas Esmeraldino colocou sob avaliação da Executiva a liberação em caso de descontentamento . Além disso, foram tratados encaminhamentos para as eleições de 2020
08/03/2019 18:32

Na reunião da Executiva Estadual do PSL, que aconteceu nesta manhã, o presidente da sigla, Lucas Esmeraldino disse com todas as letras que se houver descontentamento ele libera a saída do partido sem a perda de mandato. O assunto foi deliberado pelos demais integrantes da Executiva do PSL. Há nos bastidores a informação de certa “ rusga” entre os deputados estadual Sargento Lima e federal Coronel Armando, e que seria o motivo para a declaração.

O encontro serviu para colocar o PSL “no eixo”, principalmente em relação a desentendimentos internos e preparação para as eleições municipais.

A intenção colocada à mesa é de organização e direcionamento das Executivas Municipais para o lançamento de candidatos a prefeito em todos os municípios do Estado para as eleições de 2020. Em Criciúma, o deputado estadual Jessé Lopes deve permanecer no comando da sigla.

 

Enviando Comentário Fechar :/