Como diria um outro ex-presidente que também está na cadeia, nunca antes na história desse país presenciamos desmonte de tal envergadura a focos de corrupção.
22/03/2019 09:21

O assunto na política nacional ontem foi a prisão do ex-presidente da República, Michel Temer, do MDB e a informação que mais chamou atenção foi o trecho da sentença do juiz Marcelo Bretas que o aponta como chefe de uma organização criminosa.

Como diria um outro ex-presidente que também está na cadeia, nunca antes na história desse país presenciamos desmonte de tal envergadura a focos de corrupção.

Evidenciados também os motivos dos ataques à operação Lava Jato. Na sentença do juiz aliás, destaque para o fato de o motivo da prisão de Temer não ter cunho eleitoral, o que desobriga o envio do processo para a justiça eleitoral, como definiu o STF na última semana.

A prisão preventiva do ex-presidente Michel Temer, do MDB, desmonta também o discurso petista de perseguição da Lava Jato ao ex-presidente Lula que aliás, não teve prisão preventiva. Só foi preso após condenação.

Enviando Comentário Fechar :/