Talvez a experiência de Merísio possa perder espaço para o anseio da população de optar pelo novo, já que no primeiro turno a renovação foi surpreendente
09/10/2018 08:58

Os dois candidatos que disputam o segundo turno pelo governo de Santa Catarina têm pelo msenos duas bandeiras em comum: a segurança pública e a defesa de Jair Bolsonaro para a presidência da República.

Gelson Merísio, do PSD, enumerou como prioridade desde os primeiros dias de campanha no primeiro turno,  a questão da segurança pública, que repetiu em entrevista coletiva após o resultado das urnas, na noite de domingo.

O comandante Moisés, do PSL não somente já tem a bandeira defendida pelo seu partido e pelo líder maior, Bolsonaro, como ele próprio é Bombeiro Militar,  e portanto, acumula experiência na área.

Ontem, a equipe de Gelson Merísio pincelou através de release, o que deve ser o principal argumento do candidato na disputa pelo segundo turno: a experiência. “Temos que fazer um debate ainda mais profundo sobre Santa Catarina, porque o que estará em jogo é o destino, o futuro dos catarinenses. E é preciso mostrar como as mudanças podem ser feitas. E aí o preparo e a experiência de quem for o governante fará muita diferença para o resultado”, destaca o texto, como fala de Merísio na entrevista coletiva na noite de domingo.

Merísio já presidiu a Assembleia Legislativa, Sebrae e Federação das Associações Empresariais, ja esteve também na Casan e ocupou cargo de Secretário Estadual. Ele foi eleito pela primeira vez como deputado em 2006 e já presidiu a Assembleia por duas ocasiões. Capitão Moisés nunca disputou cargo eletivo.

Talvez a experiência de Merísio possa perder espaço para o anseio da população de optar pelo novo. A conferir no desenrolar do segundo turno.

Enviando Comentário Fechar :/