Advogado do ex-deputado garante que a decisão é suficiente para que ele recupere o mandato
12/04/2019 20:58

Liminar assinada pelo ministro do STF, Gilmar Mendes, suspendeu nesta noite  a inelegibilidade do ex-deputado João Rodrigues, do PSD. Na entrevista que concedeu há pouco ao site , o advogado Marlon Bertold, que cuida do caso, garantiu que a decisão é suficiente para a recuperação do mandato do deputado e previu que em maio ele possa assumir.

“ O efeito da liminar e retroativo a agosto de 2018 quando Conseguimos a primeira liminar. Agora é aguardar o TSE reconhecer essa liminar e determinar a diplomação do deputado”, resumiu.

Caso João Rodrigues de fato assuma o mandato, sai da Câmara Federal o deputado Ricardo Guidi, de Criciuma.

Enviando Comentário Fechar :/