Unesc apresenta superávit de 4,8 milhões em 700 dias da nova gestão (vídeo)
O déficit em 2017 era de R$ 8,4 milhões. Números foram apresentados nesta tarde na Universidade
30/04/2019 19:50

A reestruturação administrativa proposta pela reitora Luciane Ceretta aliada a outras atitudes de gestão que proporcionaram redução de custos resultaram em surpreendente superávit de R$ 4,8 milhões em 2018. Em 2017 havia déficit de R$ 8,4 milhões. A explanação dos números resultantes de 700 dias do novo comando da Universidade aconteceu nesta tarde no prédio da reitoria.

Na ocasião, foi citado também o índice do EBTDA, indicador que avalia a sustentabilidade e a possibilidade de continuar o crescimento. O percentual de 13,5% foi o melhor de todos os anos.

Se levados em consideração os R$ 5 milhões de endividamento bancário e o déficit de R$ 8,4 milhões e o superávit de R$ 4,8 milhões, chega-se ao montante de R$ 18 milhões em 700 dias. Levando-se em consideração contratempos como o ano de 2018 considerado como “vácuo”, com ingresso de poucos alunos, a ausência de Fies e o surgimento de faculdades a distância que impuseram concorrência discutível, pode-se concluir que o mérito dos números alcançados é de competência na gestão.

A Unesc, como Universidade comunitária está entre as mais importantes do Estado, e passados os primeiros tempos com necessidade de equilíbrio, deve agora focar em investimentos como a ampliação da Educação à Distância, lançada hoje mesmo, após a coletiva. A Unesc Virtual, oferecerá  cursos de graduação, pós-graduação lato sensu, extensão e corporativos. Além do projeto, outros 12 itens estão na pauta como meta, entre eles a biblioteca digital e internacionalização de currículos.

O planejamento de cada passo, mantendo sempre a excelência acadêmica e sem restringir serviços como as Clínicas Integradas, são fatores essenciais ao crescimento da Unesc sob o comando da reitora Luciane Ceretta e sua equipe.

Neste cenãrio, pontuou o Consultor financeiro Zanoni Elias durante a coletiva, há ainda pelo menos outra meta: a de reduzir o passivo dos atuais R$ 43 milhões para R$ 20 milhões.

Enviando Comentário Fechar :/