Vereador presidente da CPI do CriciúmaPrev na Câmara de Criciúma diz que suas declarações sobre improbidade administrativa por parte do prefeito Clésio Salvaro tiveram por base depoimentos de secretários municipais
29/06/2019 07:43

O vereador Júlio Kaminksi, do PSDB, esteve “no olho do furacão”, nesta semana. Ele é o presidente da Comissão que investiga possíveis irregularidades no CriciúmaPrev e em razão de declarações relativas aos trabalhos, teve levantada inclusive tese de possível renúncia ao posto. Mais que isso, o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, do PSDB, em entrevista à Rádio Eldorado, tachou a CPI de “política” e o vereador de “fraldão, olho gordo e invejoso”.

Na entrevista que concedeu ao site, Kaminski informa que sequer foi provocado pelos vereadores para renunciar, reafirma a imparcialidade nas investigações relativas ao CriciúmaPrev e que suas declarações tiveram por base depoimentos de secretários da Fazenda.Sobre.

Sobre a entrevista do prefeito, o vereador preferiu não se manifestar.

A sua declaração sobre a improbidade administrativa por parte do prefeito Salvaro, que teria sido comprovada pela CPI, foi uma antecipação de julgamento?

Absolutatamente! Ainda que o vereador possui inviolabilidade por suas opiniões, houve uma manifestação baseada nas declarações dos  secretários da Fazenda.

 Isso pode interferir nos desdobramentos finais da CPI?

Não acredito, pois  outras declarações ocorreram, e o trabalho agora é do vereador relator.      

 Em algum momento o Sr pensou em renunciar a presidência em razão do fato?

Em nenhum momento, nem fui provocado pelos vereadores nesse sentido. Ao longo da CI os trabalhos foram pautados com imparcialidade e com total publicidade, legitimando os trabalhos.

 O Sr avalia que poderá haver alguma ação judicial tentando anular os resultados da CPi por causa das declarações?

Karina não sei qual será o relatório, o vereador Ademir (Honorato), é o responsável por ele. Minha parte foi a condução dos trabalhos.

 

Nesta semana o sr foi atacado pelo prefeito Clésio Salvaro . Sua avaliação sobre o fato.

Sobre isso não irei me manifestar.

Enviando Comentário Fechar :/