Se houver um ditado para definir a situação do vereador seria “entre a cruz e a espada”
30/07/2019 09:29

Na Comissão de Inquérito que investigou possíveis irregularidades no CriciumaPrev, o vereador Edson Paiol, do PP, é apontado como fiel da balança na votação do relatório. Ele foi o único que não pediu vistas ontem, após a leitura do documento.

Se houver um ditado para definir a situação do vereador seria “entre a cruz e a espada”. Ao mesmo tempo que se transforma em grande líder do PP, ao assumir cadeira na Câmara.

Ele é também presidente da União de Associação de Bairros de Criciúma, que pode ficar com apoio zero do Paço caso ele vote contra o prefeito Clésio Salvaro, do PSDB.

Enviando Comentário Fechar :/