Protesto foi contra a Reforma da Previdência, que deve ser votada no início de agosto
20/07/2021 16:48

Manifestação gigante de Policiais Civis fechou a passagem nas Pontes Pedro Ivo Campos e Colombo Machado Salles, os dois principais acessos a Florianópolis, na tarde desta terça-feira. O protesto é em razão da Reforma da Previdência, encaminhada pelo Governo do Estado à Assembleia Legislativa e que deve ser votada no início de agosto.

As manifestações iniciram por volta das 15h30min e os Policiais iniciaram a marcha pela Ponte Colombo Machado Salles, voltado à Capital pela Ponte Pedro Ivo. 

A questão em pauta é principalmente a integralidade e paridade que existem hoje tanto para aa Polícia Civil quanto para a Militar. Pelo proposta, a Polícia Civil teria os dois pontos retirados da aposentadoria. O argumento é que a Reforma da Previdência em âmbito nacional manteve a paridade e integralidade para a Polícia Militar e por isso em Santa Catarina estaria mantido para os PMs e não para a Polícia Civil.

A pensão por morte  em trabalho também está em pauta. Em caso de morte de um Policial Civil em serviço hoje a pensão fica em 70% e querem reduzir para 50% com 2% pode dependente . No caso da PM recebe 100%.

A PM paga 9,5% de alíquota de previdência e a Polícia Civil 14%. Pela Reforma  proposta,  a alíquota será de até 18%, dependendo dos vencimentos.

Onrtem, uma Audiência Pública foi realizada na Assembleia sobre a Reforma da Previdência. O prazo para apresentação de emendas é até essa quarta-feira.

Enviando Comentário Fechar :/