O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, reagiu a críticas relativas ao decreto que torna facultativo o uso da máscara em ambientes externos para quem já está com o esquema vacinal completo
25/10/2021 13:30

O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, do PSDB, reagiu a críticas relativas ao decreto que ele publicou na última sexta-feira, que torna facultativo o uso da máscara em ambientes externos, para quem está com o esquema vacinal completo. Em vídeo, o prefeito referiu-se a “petistas vadios” e “comunistas” e convocou a todos para que se juntem a ele em esforços para a vacinação.

Clésio Salvaro informou que existem vacinas sobrando mas mesmo assim ainda há um grande número de pessoas que não fez a segunda dose. Diz ainda que nos últimos 30 dias duas pessoas faleceram em decorrência da Covid-19 em Criciúma e que elas não estavam vacinadas. “Vacinas sim. Vacinas salvam vidas”. conclui na gravação.

Logo após a publicação do decreto do prefeito Clésio Salvaro, a vereadora Giovana Mondardo, do PCdoB, protocolou requerimento na Câmara de Criciúma questionando os motivos pelos quais as máscaras se tornaram facultativas ao ar livre.

 
No documento, a vereadora questiona sobre  a base científica para justificar a facultatividade do uso de máscara, e a fiscalização e controle que serão adotados para garantir que apenas pessoas que se enquadrem nos critérios estipulados pelo decreto deixem de usar máscara nos espaços previstos. O requerimento deve ser votado nesta semana no Legislativo de Criciúma.

No vídeo, o prefeito também se refere a “comunistas”, diz que o suficiente para espantá-los é a bandeira e o hino nacional e lembra : “Cantamos o Hino Nacional nas escolas mas nenhum comunista aparece  lá”.

Enviando Comentário Fechar :/