Entre os municípios da Amrec, a eleição mais enigmática está em Içara.
30/10/2020 00:09

Uma eleição enigmática

Entre os municípios da Amrec, a eleição mais enigmática está em Içara. São três candidatos em um cenário que oscila entre o óbvio, com a possibilidade de quem lidera a pesquisa levar o mandato de prefeito por quatro anos, ou aquela nuvem que ronda a política e pode provocar ventos e tempestades nos últimos momentos da partida. A candidata do PP, Dalvânia Cardoso lidera o cenário com quase o dobro das intenções de voto de cada um dos adversários, se levados em consideração os números da pesquisa. O somatório de Arnaldinho Lodetti, do MDB com o de Alex Michels, do PSD no entanto, os dois candidatos oriundos do governo, passaria o percentual apresentado pela candidata. Percebe-se pela movimentação nesta semana a tentativa de “voto útil”, com a manifestação inclusive de secretários da prefeitura pelo candidato do PSD, Alex Michels. Enquanto isso, o prefeito Murialdo continua afirmando que seu empenho é pela vitória do candidato de seu partido, Arnaldinho Lodetti. A impressão é que há uma linha tênue que pode ser atravessada a qualquer momento e criar fato novo na disputa.

 

A passagem da caravana

Na passagem da caravana do MDB ontem em Içara, o candidato a prefeito da cidade pelo MDB, Arnaldo Lodetti Junior aproveitou para entregar seu plano de governo a lideranças estaduais do partido. Em seu discurso, Arnaldinho frisou que os “adversários não fazem bem à cidade” e que por isso ele mesmo “ saiu de lá e está no MDB”. A referência é ao tempo em que esteve no PP, partido da candidata a prefeita, Dalvânia Cardoso, que foi alvo de críticas contundentes do prefeito Murialdo Canto Gastaldon em recente vídeo.

 

 

 

 

Saúde

Em Criciúma, o prefeito Clésio Sakvaro, candidato à reeleição pelo PSDB, focou seu programa eleitoral no setor saúde. Coincidência ou não, os adversários tem batido na tecla durante a campanha eleitoral. Aníbel Dário, candidato do MDB, médico, falou nos últimos dias sobre as filas de espera por consultas e Júlia Zanatta, que tem como vice também um médico, Alisson Pires, apelidou a atual secretaria de saúde de "secretaria da doença".

 

Proteção

A Câmara de Vereadores de Criciúma aprovou nesta semana projeto de Lei que limita a distância de emissão de sons e ruídos  que prejudiquem o bem-estar do portador de Transtorno do Espectro Autista em espaços públicos. A proposta, de autoria do vereador Salésio Lima, do PSD, (FOTO), busca estabelecer uma medida de proteção aos portadores limitando em 200 metros a distância da fonte emissora de som até a residência da pessoa diagnosticada com o Transtorno. Para identificar a residência o portador do transtorno ou o seu responsável legal poderá solicitar ao órgão público a identificação com placa informativa, contendo nela o símbolo mundial do autismo e o início e fim da limitação do ruído.

ELEIÇÃO ENIGMÁTICA EM IÇARA; VEREADOR FAZ ACUSAÇÕES EM MORRO DA FUMAÇA; B.O EM FORQUILHINHA;

 

Morro da Fumaça

Em Morro da Fumaça, pronunciamento do vereador Edivaldo Marcolino, do MDB, na tribuna da Câmara, mexeu com os bastidores também na campanha eleitoral. Isso porque, ele reclamou que desde o ano passado busca informações sobre suposta venda de lajotas da empresa sob o comando da filha do atual prefeito, Noi Coral, do PP para empresas que vencem licitação para calçamento de ruas no município e que não recebeu a contento. O prefeito é candidato à reeleição pelo PP na cidade. LEIA MAIS AQUI

 

Forquilhinha

Forquilhinha continua liderando o cenário na Amrec quando o assunto é a polarização e concorrência acirrada entre candidatos. Por lá, o ex-prefeito Lei Alexandre, do PP, e José Cláudio Gonçalves, o Neguinho, do PSD, consolidam a disputa apesar da existência de outros quatro candidatos. Ontem, mais uma vez ambos protagonizaram episódios. Enquanto Neguinho ganhou na justiça ação para retirada de inverdades divulgadas em redes sociais, a campanha de Lei Alexandre registrou Boletim de ocorrência alegando ameaça por parte de um cabo eleitoral de Neguinho.

 

Bomba

A bomba que estourou na campanha em Florianópolis, com acusação grave contra o prefeito Gean Loureiro, candidato à reeleição pelo DEM, foi sem dúvida o assunto mais comentado em todo o Estado nesta semana. Ainda é cedo para avaliar o estrago e o quanto o vídeo que o prefeito gravou pedindo desculpas à família vai amenizar a situação. O que se constata é que após a divulgação do vídeo na manhã de ontem, o prefeito tenta dar ar de normalidade à campanha, confirmando inclusive participação em debates como o organizado pela OAB e Lide, marcado para o dia 12 de novembro. São dez os concorrentes a prefeitura da Capital e todos confirmaram presença. VEJA AQUI A MATERIA COMPLETA COM VIDEO

 

 

Roteiro

Deputado federal Ricardo Guidi mergulhou nas campanhas dos candidatos do PSD por toda Santa Catarina. Nesta semana, está na região Oeste, realizando reuniões e gravações de materiais para prefeitos, vices e vereadores. O ex-governador Ramundo Colombo também fez parte do roteiro. Ao todo, o partido possui 99 candidatos a prefeito, 96 vices e 1.975 vereadores concorrendo em todo o estado. Na última semana o deputado fez agenda no Planalto Norte e Vale do Itajaí. Além disso, segue compromissos em toda região Sul pela AMREC, AMESC E AMUREL.

 

 

Regras

Apesar de a população estar desde março enfrentando a pandemia de coronavírus e do conhecimento sobre o período eleitoral, regras claras quanto a realização de atividades da campanha só foram publicadas ontem, a 16 dias do pleito, pela Secretaria Estadual de Saúde. De acordo com a regra estabelecida, estão proibidos comícios das regiões onde o risco é Gravíssimo (cor vermelha); no risco Grave (cor laranja), deve-se respeitar a capacidade máxima de 30% da ocupação do espaço, quando se tratar de ambiente fechado; no risco Alto (cor amarela), deve-se respeitar a capacidade de 50% de ocupação e no risco Moderado, 80%.

 

Máscaras obrigatórias

A portaria publicada ontem estabelece também a obrigatoriedade do uso de máscara durante todo o período de realização do evento, bem como é exigido o distanciamento social de 1,5 metros entre os participantes. A disponibilização do álcool em gel deve ser constante, devendo também ser evitado o contato físico. Para comícios realizados em ambientes abertos as regras de higiene e cuidado devem ser mantidas, não se aplicando, apenas, o percentual de ocupação. O distanciamento social, o uso de máscara. As caminhadas, carreatas estão autorizadas desde que não promovam aglomerações seja, no início ou no fim do evento.

 

Enviando Comentário Fechar :/